Tag not found.

Segurança de produto

A sílica sintética amorfa fabricada por hidrólise por chama ou por precipitação em uma solução aquosa é caracterizada por sua estrutura amorfa. O método de determinação usado em amostras típicas é o enriquecimento da fração cristalina seguido de difração de raio X. O limite de detecção deste método é de menos de 0,05% por peso. Levando-se em conta esse limite de detecção, as sílicas da Evonik são consideradas amorfas.
Toxicologia
A sílica sintética amorfa é uma substância inorgânica insolúvel em água. Por isso, a sua biodisponibilidade é muito baixa no que respeita aos organismos aquáticos. Em testes agudos, de acordo com as diretrizes para testes da OECD, conduzidos com peixes e dáfnia a concentrações nominais de 1.000 e 10.000 mg/l, respectivamente, os efeitos foram inócuos. Com base nos dados físico-químicos e de toxicologia aguda, não se esperam efeitos crônicos, nem bioacumulação em organismos aquáticos. As diretrizes em geral para análise da biodegradabilidade de substâncias (diretrizes OECD-, EEC) podem ser usadas no caso de substâncias orgânicas. A sílica sintética amorfa é uma substância inorgânica inerte e não será biodegradada por micro-organismos. A comissão alemã para avaliação das substâncias poluentes da água classificou a sílica sintética amorfa como substância que não oferece risco à água (KBwS-Nr. 849). A sílica também está incluída na Lista OSPAR de Substâncias/Preparados que, usados e descartados offshore, que foram classificados como apresentando pouco ou nenhum risco ao ambiente (PLONOR, na sigla em inglês).
Informações quanto ao Manuseio
Recomendamos usar bombas de remoção de ar nas instalações em que se processam as Sílicas Especiais da Evonik em forma de pó. Nas condições em que as concentrações de Sílica Especial da Evonik excedam o valor MAK (exposição máxima no local de trabalho) de 4 mg/m3 (fração inalável), devem-se usar máscaras contra pó (Classe P2 de filtro de partículas).
Descargas eletrostáticas podem se formar durante o manuseio da Sílica Especial da Evonik, o que requer que as instalações sejam devidamente aterradas. A fim de evitar a sensação de secura que resulta do contato do produto com a pele desprotegida, deve-se remover a Sílica Especial da Evonik por meio de água e aplicar creme hidratante na pele que foi exposta. Os produtos eventualmente derramados podem ser coletados com um mínimo de emissão de pó e armazenados em recipientes adequadamente vedados. A Sílica Especial da Evonik pode ser disposta segundo as recomendações do Catálogo Europeu de Tipos de Resíduo, editado pela indústria do setor.
Situação Legal
Segundo os padrões adotados no momento de acordo com a legislação que regula as substâncias químicas, o Hazardous Substance Advisory e os regulamentos de transporte, as sílicas hidrofílicas especiais da Evonik Industries AG não se classificam como substâncias ou mercadorias perigosas.